A capacidade de compreender as demandas do público-alvo é fundamental para as empresas e o setor público alcançarem resultados mais significativos. Esse aspecto faz com que a mobilidade corporativa seja um diferencial na busca pela excelência dos serviços.

Independentemente da área em que atua, uma organização precisa estar atenta às novas tendências e práticas para atingir e até superar as expectativas dos stakeholders. Hoje, é inadmissível ignorar o foco na melhoria contínua, pois as mudanças de procedimentos fazem parte da rotina de muitas instituições.

Neste post, destacaremos o conceito de mobilidade corporativa, as vantagens dessa prática e maneiras de adotá-la com sucesso. Confira!

Entenda o que é mobilidade corporativa

Ela consiste nas ações de planejamento para gerenciar uma equipe que trabalha remotamente. Dessa forma, os recursos tecnológicos contribuem para diminuir os deslocamentos.

Essa nova maneira de executar as tarefas exige não apenas uma mudança cultural, mas também o emprego de ferramentas para facilitar a comunicação entre os funcionários públicos. Também é necessário que sejam criadas medidas para penalizar os que vierem a não trabalhar de acordo com as novas regras.

Os colaboradores precisam ter um grande envolvimento com as demandas, pois terão muita responsabilidade sobre a execução dos trabalhos. Embora haja uma relação de subordinação aos gestores, esse método dá aos empregados uma maior flexibilidade, exigindo muito cuidado para administrar o tempo de forma correta.

Mesmo com as facilidades apresentadas pela tecnologia para o trabalho remoto, o estabelecimento de um plano de atividades, que inclui o prazo de início e término das tarefas, é primordial para minimizar eventuais atrasos.

Pense nos benefícios proporcionados

A administração pública e a iniciativa privada sabem que precisam encontrar formas de diminuir gastos e, ao mesmo tempo, oferecer serviços mais qualificados. Pensando nisso, abordaremos algumas vantagens da mobilidade corporativa. Acompanhe!

Mais qualidade de vida para os funcionários

À medida que é possível executar vários trabalhos de maneira remota, os colaboradores não precisam, em muitos casos, ir até a sede da empresa. Ou seja, evitam perder muito tempo com o trânsito, o que diminui bastante o estresse. Assim, eles se sentem mais tranquilos e dispostos no dia a dia.

Acesso mais rápido às informações

O funcionário não precisa ir até ao local de trabalho para acessar um arquivo importante, que está na rede interna. Por meio de um dispositivo móvel (smartphone, tablet ou notebook), é viável localizar informações importantes que podem ajudar, por exemplo, a tirar dúvidas dos usuários sobre um determinado serviço.

Se uma organização disponibiliza com segurança os dados para o acesso remoto dos colaboradores, maiores são as chances de haver um maior conhecimento da equipe sobre os processos de trabalho. Isso é importante para avançar na qualidade dos serviços prestados.

Melhoria da comunicação interna

A tecnologia tem como uma das suas principais características a capacidade de aperfeiçoar a troca de informações entre os membros da equipe. Ou seja, é possível haver uma maior interatividade entre os colaboradores para definir as medidas corretas.

Dessa forma, as tarefas podem ser executadas com mais facilidade, o que aumenta a capacidade de uma organização dar respostas adequadas ao público-alvo.

Foco na sustentabilidade

Com menos empregados na sede da empresa, é viável reduzir o consumo de energia elétrica e de água, por exemplo. Também pode haver uma diminuição no gasto de papel com o uso de sistemas para tornar os processos menos burocráticos.

Essas práticas sustentáveis podem ajudar o setor público a ter menos despesas e a usar os recursos financeiros de maneira mais estratégica em prol da sociedade.

Qualidade nas decisões

A mobilidade corporativa permite que os gestores tenham uma visão mais abrangente sobre a organização em vez de apresentar um direcionamento mais ligado às tarefas. Isso contribui para avaliar melhor as iniciativas a serem tomadas para aperfeiçoar o atendimento ao público.

Tornar o processo de tomada de decisão mais estratégico é indispensável para escolher as melhores alternativas para elevar a eficiência dos serviços. 

Produtividade em alta

Uma comunicação mais simples e rápida possibilita que os funcionários sejam mais produtivos. Em vez de uma reunião presencial, o envio de mensagens por smartphone pode fazer com que o gestor resolva uma série de pendências com a equipe.

O setor público precisa aproveitar os recursos tecnológicos para ser mais dinâmico. Ao ter mais facilidade de resolver as pendências, os funcionários serão mais produtivos e ficarão mais motivados para enfrentar novos desafios.  

Veja o que é necessário para efetivar a mobilidade corporativa

Não é uma tarefa tão simples mudar a forma de trabalho de uma instituição. Mesmo assim, é viável atuar para que a mobilidade faça parte da rotina dos funcionários. Acompanhe algumas ações desenvolvidas nesse sentido!

Jornada mais flexível

Será que é necessário um funcionário estar todos os dias de semana na sede da organização? A resposta será a base para adotar o sistema de home office, em que o colaborador pode fazer diversas atividades profissionais em casa ou no local em que considerar mais adequado.

Essa liberdade ajuda o empregado a organizar melhor a rotina profissional e pessoal. Além disso, faz com que ele esteja mais consciente da necessidade de apresentar um bom desempenho para ter uma jornada flexível.

O setor público e a iniciativa privada estão adotando esse modelo de trabalho com mais frequência. Um dos benefícios dessa ação é minimizar quedas de produtividade por fatores externos, como greve de ônibus e engarrafamentos.

Tecnologia

O avanço tecnológico tem uma ligação direta com a mobilidade corporativa. Um dos motivos é o uso da computação em nuvem, que propicia acessar sistemas, documentos e arquivos digitais em qualquer local com acesso à internet.

A administração pública investindo nesse recurso de tecnologia da informação viabiliza o trabalho dos colaboradores em outros espaços. Isso faz com que os funcionários tenham mais condições de resolver as demandas com rapidez.

Gestão de tempo

Não basta implantar um novo modelo de trabalho e investir em tecnologia para alcançar bons resultados. Também é imprescindível estabelecer um planejamento voltado para a conclusão das tarefas.

Ao gerenciar o tempo de término das demandas, os gestores podem ter um controle melhor da equipe. Com as atividades sendo devidamente divididas entre os colaboradores, a equipe pode ser mais produtiva. Para isso, é ideal que o prazo para a conclusão dos serviços respeite a capacidade de trabalho dos funcionários.

A mobilidade corporativa é uma alternativa interessante para a administração pública e a iniciativa privada contar com empregados mais produtivos e dispostos. Além disso, é uma ação que contribui para fortalecer a sustentabilidade e o foco na qualidade de vida.

Se você quer mais informações sobre como aperfeiçoar os serviços públicos, vale a pena nos seguir no Facebook, LinkedIn, Instagram e Twitter. Afinal, informação sempre será um recurso vital para o sucesso!